top of page

Tabernáculo da Fé Goiânia - GO

Atualizado: 27 de jun. de 2021



A igreja Tabernáculo da Fé em Goiânia - GO, foi fundada em 1968, o que ocorreu de um modo muito peculiar, pois na realidade, ela não foi fundada, mas nasceu aqui, quando, vindo de Brasília para esta Capital do Estado de Goiás, o Pr. Joaquim Gonçalves Silva, obedecendo uma chamada de Deus, sem respaldo algum de nenhuma igreja, começou a pregar sozinho na porta do antigo mercado Municipal, no centro da cidade. Na época ele tinha 32 anos de idade. Havia ele vendido em Brasília - DF a única casa que possuía, e com o dinheiro dessa venda, colocou no ar um programa diário na Rádio Jornal de Goiás, às 18:00 h e através dele, pregava veementemente, convidando o povo para crer na genuína e pura Palavra de Deus, e não no nome de uma igreja qualquer, por melhor que fosse ela. Baseado no tema: "Jesus Cristo é o mesmo ontem, hoje e eternamente", realizou ali na porta daquele mercado, uma grande obra de cura divina e libertação dos oprimidos pelo diabo. O Pr. Joaquim Gonçalves havia chegado aqui em dezembro de 1967, e esse trabalho na porta do Mercado Municipal acontecia nos primeiros meses de 1968.

E o único respaldo que era a segurança que trazia em seu coração, de que Deus o havia enviado. Depois de haver reunido um considerável número de pessoas que após ouvi-lo pelo rádio e ali na rua, iam se achegando a ele, sentiu necessidade de reunir aquelas pessoas num local onde pudessem se assentar para ouvirem a Palavra de Deus. Foi quando, descendo em seu Jeep modelo 1952, a Av. Goiás, sentiu de parar onde seu coração disse: "é aqui". E ali estava ele e seu companheiro frente a um casarão que outrora havia sido uma máquina de beneficiar arroz que houvera pegado fogo e onde agora só havia escombros e muita sujeira. Alugou o local, arregaçou ele mesmo as mangas da camisa, retirou o entulho e no dia 18 de maio de 1968 inaugurou o local que haveria de abrigar centenas de almas que viriam atraídas por uma voz diferente: uma voz que condenava o pecado, mas que libertava o pecador, e que não era outra senão a Voz do Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo. Dentro de poucos meses o local já não comportava mais a multidão que era atraída pela pregação através do rádio e pelas notícias das maravilhas que Deus estava operando ali. Agora, aquele grande movimento de cura divina e libertação foi real e verdadeiro e não tinha nada a ver com comércio de cura divina que vemos hoje. Pois ninguém que ali chegou e que foi curado, liberto ou abençoado de algum outro modo, recebeu estas bênçãos sem que antes ouvisse a Palavra de Deus, pregada com amor, unção e severa admoestação. Ali ninguém tinha que dar nada, mas apenas receber o que Deus estava oferecendo de graça. Sob a unção de Deus, o Pr. Joaquim Gonçalves, através de suas pregações demonstrava o seu inconformismo com a falsa conversão, por não ver nos novos crentes uma nova vida. O comodismos dos velhos crentes o incomodava.O fato de haver a igreja se tornado um sal insípido pisada por todos os hábitos mundanos que a invadiram o irritavam de tal forma que suas mensagens chegavam no púlpito com a força de uma retro-escavadeira,arrancando o pecado pelas raízes. Só depois de pregar duro contra o pecado,( bem entendido, "contra o pecado," não contra o pecador) ele passava a orar com muito amor pelos enfermos. E verdadeiros milagres aconteciam. Não estava ele preocupado em "fundar uma nova igreja", pois segundo mostrava em suas pregações, de igrejas o mundo estava cheio e no entanto o cristianismo a cada dia se tornava mais frouxo e impotente para operar na vida das pessoas as mudanças que sempre ocorrem quando o Evangelho é pregado no poder e na autoridade do Espírito Santo. Agora, como havia de se esperar, aquilo causou um verdadeiro distúrbio religioso em Goiânia-GO. Mesmo porque aquele era um acontecimento inédito no meio religioso da cidade.

Comentarios


bottom of page